Como não amar  Kolinda Grabar-Kitarovic, a presidente da Croácia,


Ela roubou a cena.

Ontem na final da  Copa do Mundo na Rússia as redes sociais só dava ela.

A  vitória pode até ter sido  da França, mas foi a presidente da Croácia, Kolinda Grabar-Kitarovic, de 50 anos, que ganhou nossos corações.

O show de profissionalismo e empoderamento que Kolinda deu durante o Mundial foi surpreendente.

 No meio de chefes de estado engravatados, como Macron, da França, e Putin, da Rússia, Kolinda usou a camisa da Seleção Croata e se divertiu muito!

Acompanhou todos (sim, todos!) os jogos da Croácia nos estádios. E sem a mordomia dos camarotes. Até a semi-final, Kolinda assistiu aos jogos na arquibancada.

Presenteou Putin com uma camisa da Croácia e entrou no campo, para entrega da taça, de mãos dadas com Macron, mesmo após a derrota.

Kolinda não usou o avião do governo para ir até à Rússia.

Pegou voos comerciais e pagos do próprio bolso e ainda desconta do seu salário os dias não trabalhados.

O que deveria ser considerado normal é visto com muita estranheza principalmente para nós brasileiros.

Kolinda se emocionou  parabenizando os seus jogadores, ignorando protocolos.

E nem se abalou com a chuva que caia e estragava sua escova, afinal quando a beleza vem de dentro nada disso importa.

Presenteou Putin com uma camisa da Croácia e entrou no campo, para entrega da taça, de mãos dadas com Macron, mesmo após a derrota.

Ela realmente foi a estrela maior desta copa.

Que seja exemplo a ser seguido.

Posts Relacionados

LEAVE A COMMENT

Autora


ViCk Sant' Anna

Facebook FanPage

Conheça mais

Parceiros