Bailarina de Ribeirão Preto ganha bolsa para estudar no Canadá


Amanda Lima, bailarina Laruce Godói

A bailarina Amanda Lima, de 23 anos, ganhou uma bolsa de estudos na renomada escola de Ballet Bloch, em Vancouver, no Canadá, onde também participará do espetáculo da companhia Contemporary Division.

O convite veio da diretora e coreógrafa brasileira Mônica Proença, que vive hoje no Canadá.

Amanda chamou a atenção da coreógrafa durante um curso de dança realizado em 2018. “É uma oportunidade incrível e um sonho a ser realizado, de uma garota simples que tem a chance de expandir os horizontes com a dança”, diz.

Amanda começou no ballet aos seis anos, quando ganhou uma bolsa de estudos em uma escola de Ribeirão Preto. Aos 13 anos foi para o Studio de Dança Luciana Junqueira, onde está até hoje. Atua como bailarina no grupo avançado da escola e dá aulas. Formada em dança pelo Studio e em educação física pela Universidade de São Paulo, é professora também em outras escolas e academias.

Amanda agora busca levantar recursos para arcar com os custos da viagem, marcada para o final do mês. “Consegui as passagens e lugar para ficar, mas ainda preciso de ajuda para a alimentação e transporte”, explica.

Para quem tiver interesse em ajudar, as informações estão no link www.vakinha.com.br/vaquinha/521330.

Posts Relacionados

LEAVE A COMMENT

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Autora


ViCk Sant' Anna

Facebook FanPage

Conheça mais

Parceiros