É AMANHÃ! Lançamento do iPhone 6s e iPhone 6s Plus


 

O que

Amanhã (9 de setembro de 2015), a Apple realizará  um evento para apresentar seus novos smartphones para o público. Os aguardados iPhone 6s e iPhone 6s Plus .

E como tudo que é news está no ViCkNeWs, reposto aqui as informações mais “fresquinhas”  da internet.

Confiram o que diz o site TecMundo:

“Diante desse grande lançamento para a indústria de dispositivos móveis, nós resolvemos fazer um apanhado de tudo o que esses aparelhos devem oferecer ao público. Reunimos os principais rumores e informações vazadas a respeito deles para que os leitores estejam preparados quando o iPhone 6s e o iPhone 6s Plus forem oficialmente anunciados.

O que podemos esperar dos novos aparelhos da Apple?

Especificações técnicas do iPhone 6s

  • Sistema operacional: iOS 9
  • Tela: IPS LCD de 4,7 polegadas com Force Touch
  • Resolução de tela: 1334×750 pixels
  • Densidade de pixels: 326 ppi
  • Chipset: Apple A9
  • CPU: dual-core de 2 GHz
  • Memória RAM: 2 GB
  • Armazenamento interno: 16 GB, 64 GB ou 128 GB
  • Câmera traseira: 12 MP
  • Câmera frontal: 5 MP
  • Bateria: 1.810 mAh
  • Conectividade: WiFi 802.11 a/b/g/n/ac, dual-band, hotspot, 3G, 4G, Bluetooth 4.1, GPS (A-GPS e GLONASS) e NFC (apenas para o Apple Pay)
  • Sensores: acelerômetro, giroscópio, proximidade, compasso, bússola e leitor de digitais
  • Cores: cinza espacial, prata, dourado e rosa dourado

Quais serão as verdadeiras especificações técnicas do iPhone 6s?

Especificações técnicas do iPhone 6s Plus

  • Sistema operacional: iOS 9
  • Tela: IPS LCD de 5,5 polegadas com Force Touch
  • Resolução de tela: 1920×1080 pixels (Full HD)
  • Densidade de pixels: 401 ppi
  • Chipset: Apple A9
  • CPU: dual-core de 2 GHz
  • Memória RAM: 2 GB
  • Armazenamento interno: 16 GB, 64 GB ou 128 GB
  • Câmera traseira: 12 MP
  • Câmera frontal: 5 MP
  • Bateria: 2.915 mAh
  • Conectividade: WiFi 802.11 a/b/g/n/ac, dual-band, hotspot, 3G, 4G, Bluetooth 4.1, GPS (A-GPS e GLONASS) e NFC (apenas para o Apple Pay)
  • Sensores: acelerômetro, giroscópio, proximidade, compasso, bússola e leitor de digitais
  • Cores: cinza espacial, prata, dourado e rosa dourado

Quais serão as verdadeiras especificações técnicas do iPhone 6s Plus?

Force Touch

O sistema Force Touch, introduzido pela Apple nos relógios Apple Watch, é uma das cartas certas que a empresa deve incluir nos novos iPhones. Esse recurso – que já não é mais exclusivo graças a um lançamento da Huawei durante a IFA 2015 – permite que os usuários configurem o aparelho para sentir diferentes níveis de pressão na tela, resultando em uma ação diferente para cada intensidade – três, pelo menos.

Esse sistema também já foi incluído no novo MacBook, oferecendo um funcionamento bastante intuitivo e prático para os consumidores. No iPhone 6s e 6s Plus, o Force Touch deve aprimorar a experiência por disponibilizar uma nova forma de interação com o conteúdo. Precisa de um zoom na foto? Basta pressionar a tela com um pouco mais de força. E essa é apenas uma das diversas possibilidades desse recurso.

O Force Touch deve ser uma das principais novidades dos novos iPhones.

Papel de parede animado

Muito longe de ser uma novidade, a Apple pode estar pensando em incluir a possibilidade de os usuários configurarem papéis de parede animados para seus aparelhos. Esse recurso, que na verdade deve ser uma funcionalidade doiOS 9, é algo que já acontece em outros sistemas operacionais há muito tempo, mas só agora deve chegar aos dispositivos da Apple.

Isso não se resume ao movimento lateral que o papel de parede já realiza desde atualizações antigas do iOS. Com o update, os usuários deverão poder configurar animações completas e que serão executadas no em segundo plano enquanto o aparelho é utilizado. Essa funcionalidade, que deve ter uma opção para ser desligada, evidentemente gastará mais bateria dos iPhones.

Longe de ser uma novidade, os papéis de parede animados devem dar as caras no iOS 9.

Chipset Apple A9 e 2 GB de memória RAM

A Apple é uma empresa que não se preocupa muito com as especificações técnicas, o que é comprovado pelo hardware relativamente “modesto”. Poder controlar tanto os componentes físicos quanto o próprio software dá essa vantagem à Maçã, que não precisa ficar vendendo números e títulos extravagantes para seus consumidores.

Porém, isso não significa que a Apple não vá investir nos componentes internos dos novos iPhones. Nessa nova geração, é esperado que empresa inclua o novo chipset Apple A9, um chip dual-core de 2 GHz de velocidade de processamento. Também é muito provável que os aparelho finalmente deixem de ter 1 GB de memória RAM – o que acontece desde o iPhone 4s – e passem a ter 2 GB.

Os novos iPhones devem vir equipados com o chipset Apple A9 e 2 GB de memória RAM.

Essa tendência mostrou-se necessário com o iPad Air 2, o que comprova que o iOS 9 está ficando um pouco mais guloso. No entanto, apesar de modestas, as especificações técnicas do iPhone 6s e do iPhone 6s Plus devem ser o suficiente para oferecer a melhor experiência possível para esses aparelhos.

Câmera melhorada

Apesar de todo mundo já saber que não é a quantidade de megapixels que define a qualidade da câmera, a Apple deve “ceder a pressão” dos consumidores e oferecer um sensor de maior resolução para os seus novos aparelhos. Na verdade, aumentar nesse sentido é algo natural e que provavelmente já estava nos planos da Apple há algum tempo. Com essa mudança, a empresa deve manter uma posição privilegiada na lista de smartphones com as melhores câmeras, batendo de frente em concorrentes como o Galaxy S6 e o LG G4.

Os novos iPhones devem trazer câmeras melhores e com resolução de 12 megapixels.

Porém, a Apple também deve investir no poder de gravação de vídeos dos iPhones, finalmente disponibilizando o suporte nativo ao 4K. Essa mudança vai favorecer a indústria como um todo, já que vai forçar as fabricantes a disponibilizarem mais produtos – monitores, TVs e smart TVs –  que sejam compatíveis com essa grande resolução.

Uma nova cor: “Rose Gold”

Além das três tradicionais cores dos iPhones – cinza espacial, prata e dourado –, a Apple deve incluir mais uma opção para o público. O “Rose Gold”, algo que pode ser entendido como um rosa dourado, tem aparecido em diversos rumores, o que reforça essa possibilidade.

Um nova cor para os iPhones: “Rose Gold”.

Display OLED

Com uma qualidade superior, a tela OLED é outra carta na manga da Apple para substituir o tradicional IPS LCD que equipa os iPhones. Entretanto, a utilização dessa tecnologia, que ainda é extremamente cara, deve ajudar a elevar o preço dos aparelhos à níveis estratosféricos. Esse é um dos motivos que reforça a possibilidade de a empresa empurrar essa jogada para o ano que vem, quando o iPhone 7 for lançado.

Isso também alimenta a tradição de que os aparelhos da linha “s” – como iPhone 6s e o iPhone 6s Plus – apresentarem apenas melhorias funcionais. Isso significa que mudanças mais intensas no hardware – como a troca do display – só deve realmente acontecer na próxima geração do aparelho.

O display OLED não deve dar as caras no iPhone 6s e iPhone 6s Plus.

Para não entornar: alumínio “série 7000”

Poucos dias após o lançamento oficial do iPhone 6 Plus, muitos consumidores reclamara que o aparelho estava entortando dentro do bolso. A culpa seria da carcaça que, além de ser de alumínio, é grande e fina, favorecendo que ele dobre ao ser pressionado contra o corpo. Para resolver esse problema, a Apple deve apostar em um novo tipo de alumínio, batizado de “série 7000”.

Prometendo ser até 60% mais resistente que o alumínio tradicional, esse material já foi utilizado no Apple Watch, garantindo mais segurança contra “entortamentos”. Contudo, a Apple deve se ver em uma dilema bastante perturbador: aumentar ou manter a espessura dos iPhones desfavorecendo o design ou diminuí-la para manter a tradição e mostrar que houve “evolução”? Essa é uma escolha difícil.

O alumínio “série 7000” deve ser o novo material que a Apple vai usar na carcaça de seus aparelhos.

iPhone 6c?

Outra possibilidade para a apresentação da Apple é o anúncio do iPhone 6c. O sucessor do iPhone 5c manteria o tamanho de 4 polegadas, oferecendo uma opção para aqueles que não gostam de um display muito grande. Porém, é improvável que a empresa volte a apostar no plástico como material de construção, disponibilizando essa variante com uma carcaça metálica, assim como seus irmãos maiores.

Essa alteração pode significar a extinção da variedade de cores dos aparelho “c”, principal característica dessa linha. O iPhone 6c seria oferecido nas mesmas cores que o 6s e o 6s Plus – cinza espacial, prata, dourado e rosa dourado –, acabando com a alegria daqueles que esperavam ver um novo aparelho na cor amarelho, azul ou verde.”


Muito ansiosa por conferir estes lançamentos amanhã.

E vocês??

Fonte e Fotos: Site TecMundo

 

Posts Relacionados

LEAVE A COMMENT

Autora


ViCk Sant' Anna

Facebook FanPage

Conheça mais

Parceiros