Maria Rita “Coração a Batucar” no Centro de Eventos do RibeirãoShopping


mr1

“Eu não nasci no samba, mas o samba nasceu em mim”…

Assim surgiu exuberante  no palco do Centro de Eventos do RibeirãoShopping .na noite deste último sábado(20/09), Maria Rita, com seu show “Coração a Batucar”.

mr2

Sete anos depois de “Samba Meu”, Maria Rita lançou em abril deste ano  “Coração a Batucar”, sua segunda incursão pelo mais brasileiro dos gêneros musicais. E antes mesmo de colocar o ‘bloco na rua’, ela já possuía mais de 80% do repertório do novo show. “Sou uma pessoa inquieta. Trabalhei durante três meses em sigilo absoluto e conforme o disco ia se desenhando, o show ganhava forma na minha cabeça”.

mr3

Com direção da própria Maria Rita, a turnê que teve início no dia 26 de abril, na Fundição Progresso, Rio de Janeiro,  fez uma pré-estreia em Lorena, no interior de São Paulo.

Animada, a cantora conta que não pretende fazer deste show uma réplica do novo CD, mas o foco é o samba. “O samba permeia minha carreira desde o início. Por isso, além das novidades de “Coração a Batucar”, trago canções do “Samba Meu” e outras desses 12 anos de estrada. Sou madrinha de bloco, desfilo em escola de samba no Rio e em São Paulo. Já avisei no Facebook que esse disco é para se acabar de dançar, sair com bolha no pé”, brinca.

mr4

Maria Rita  reproduziu no palco o clima que norteou a produção de “Coração a Batucar”, que foi gravado praticamente ao vivo, em uma autêntica roda de samba. “A nossa disposição no palco se dá de uma forma que a plateia pode ver a minha interação com os músicos, sem que para isso eu precise estar de costas para o público”.

Liderada por Davi Moraes (guitarra), a banda que a acompanhou em estúdio também vai para o palco, e conta ainda com Alberto Continentino (baixo), Rannieri de Oliveira (piano) e Wallace Santos (bateria).

mr5

Os figurinos são do estilista e parceiro de longa data, Fause Haten, que pela primeira vez, também assina os cenários de um show. A iluminação ficou a cargo de Samuel Betts, o figurino da banda é de Gilda Midani, a execução da cenografia é da Tiba Produções, de Esequiel Jr. e Mara Cesar, e a produção geral é da Tribo Produções.

mr6

“O cenário é surrealista e ao mesmo tempo minimalista. Está bem diferente de tudo o que já apresentei, mas é um show que poderei levar para qualquer lugar”, afirma.

mr7

Coração a Batucar começou a tomar forma quando Maria Rita foi convidada pela produção do festival Rock in Rio a montar show exclusivo para o palco Sunset, em 2013, e resolveu dar vazão à paixão por Luiz Gonzaga Jr, o Gonzaguinha. “Ali, o bicho pegou. Veio a reação da plateia… foi demais!”, recorda. Além disso, a repercussão de Samba Meu (seu primeiro álbum do gênero) nas redes sociais e os diversos prêmios recebidos – como o Grammy Latino de melhor álbum de samba – não deixaram dúvida. “Não posso dizer que comecei a fazer a pesquisa de repertório já pensando num disco de samba. Foi acontecendo.”

mr8

Puxado por “Rumo ao infinito” (Arlindo Cruz, Marcelinho Moreira e Fred Camacho), escolhida a primeira música de trabalho e em alta rotação nas rádios brasileiras, “Coração a Batucar” traz ainda a canção “Meu Samba, sim, senhor”, dos mesmos Marcelinho Moreira, Fred Camacho e Leandro Fab que abre o disco: “Mais uma vez/ Aqui estou/ Não vou negar/ Eu vou representar com todo meu amor/ Cantando por aí/ Levando a alegria pro meu povo/ Não há nada que me faça mais feliz/É tão encantador/ Meu samba, sim, senhor.”

mr9

Momento de grande emoção, Maria Rita canta : “Mainha Me Ensinou”

O repertório traz ainda “Fogo no paiol”, de Rodrigo Maranhão, “Abre o peito e chora” (Serginho Meriti) e “No meio do salão”, de Maurílio de Oliveira e Everson Pessoa, do novo samba paulista da tradição do “Samba da Vela”. Do baú de Almir Guineto veio a bem humorada “Saco cheio” (Dona Fia e Marco Antonio). Os refrãos irresistíveis de Xande de Pilares e Gilson Bernini estão presentes em “Bola pra frente” e, também, em “Mainha me ensinou”, canção que a dupla assina ao lado de Arlindo Cruz. E de Joyce Moreno recebeu uma espécie de declaração de princípios em “No mistério do samba”: “Que bom que é poder mergulhar no mistério do samba”.

mr11

Quem me conhece sabe o quanto eu sempre fui fã de sua mãe Elis Regina e ter a oportunidade de assistir Maria Rita é um privilégio precioso e de muita emoção.

mr12

Além semelhança de timbre que tem com a mãe, seus gestos e trejeitos são marcantes.

mr13

 

mr14

Amei o figurino de Fause Haten, e a energia de Maria Rita sambando por duas horas em cima do salto deixou a todos maravilhados.

Valeu muito!

Foi mais um maravilhoso espetáculo promovido pela Virazóm, tradicional empresa ribeirão-pretana especializada em realizar grandes eventos por todo o país.

 

Confiram minhas músicas preferidas do show “Coração a Batucar”

 

Fonte:

Blog Maria Rita.

Fotos:

– Fabricio Fiacadori

016-98116-4429 / 3329-1600

fabriciofiacadori@icloud.com

– Insta: @vicklsantanna

Posts Relacionados

LEAVE A COMMENT

Autora


ViCk Sant' Anna

Facebook FanPage

Conheça mais

Parceiros